Pular para o conteúdo principal

Bruno J. Gimenes: Obsessões – Trocas involuntárias de energia - Parte II




Continuação...

Obsessões – Trocas involuntárias de energia - Parte II


No dia 30 de dezembro estava lendo o livro “Evolução Espiritual na Prática” dos autores Bruno J. Gimenes¹ e Patrícia Cândido² e há um tempo que eu estava com o objetivo de “postar” um texto sobre a obsessão e por se tratar de um assunto muito extenso e muito mistificado acabava adiando, mas hoje acabei decidindo abordar este assunto.


No capítulo 7, o tema é: Obsessões – Trocas involuntárias de energia e escrito de forma muito objetiva e muito bem explicada pelos autores e decidi colocar alguns trechos deste capítulo com o intuito de ajudar a esclarecer as pessoas o que é Obsessão, como acontece a Obsessão, onde acontece a Obsessão, como se proteger das ações de obsessões e outras situações relacionadas.


Vale muito ler este texto, pois o mesmo pode abrir muitas portas no caminho da compreensão sobre este assunto tão falado, porém, tão pouco conhecido.

Irei dividir o "post" em duas partes, pois mesmo selecionando alguns trechos do capítulo, ficou muito grande.

[ ]s e boa leitura...


Abaixo segue os trechos destacados sobre a capítulo 7 – Parte II - do livro: Evolução Espiritual na Prática.


Considerações importantes:


Podemos considerar que obsessor é a entidade encarnada (pessoa) ou desencarnada (espírito que vive em outro plano), que parasita uma outra entidade ou local. Essa obsessão pode ser intencional, logo consciente, ou não intencional (inconsciente).

Sempre que uma pessoa ou espírito desencarnado estiver interferindo negativamente na energia de uma ou mais pessoas, de um ou mais ambientes ou objetos, esse pode ser considerado um obsessor, logo, todos podemos ser obsessores e obsediados conforme a situação à qual estejamos sujeitos.

FÓRMULA INFALÍVEL ANTIOBSESSÕES


Mente Limpa, coração aberto, espírito puro!

Essas seriam as condições idéias, os repelentes mais eficientes no combate às obsessões, sejam elas do plano mental/emocional ou espiritual. Por essa ótica podemos compreender que ninguém está imune a esse tipo de influência negativa, afinal, mente limpa, coração aberto e espírito puro não é um estado de consciência que seja fácil de se conquistar, mesmo para as almas mais evoluídas.



Esse comentário é necessário apenas para tentar simplificar esse tema tantas vezes debatido e imensamente pesquisado. Precisamos facilitar essa visão e compreender de forma mais profundo, em uma visão de contexto mais ampla. Quando compreendermos os mecanismos da obsessão, estaremos a um passo da conquista da tão sonhada, debatida ou falada: Proteção Espiritual. Por isso, antes de aprofundarmos o conteúdo, vamos propor uma observação; a mente confusa, o coração fechado e o espírito impuro são imãs que atraem processos, sentimentos e emoções. Nesse estado vibrátil também teremos grandes chances de exercer algum tipo de obsessão mental ou emocional para nossos semelhantes.


Assim sendo, precisamos parar refletir e olhar com novos “olhos” para todos os casos de obsessões. Não existem vítimas! Não existem vilões! Apensa atração magnética entre obsessor e obsediado. Às vezes somos obsessores, às vezes obsediados. Nesse sentido, vamos tentar, de forma rápida, refletir sobre o que é realmente uma pessoa espiritualizada.

Uma pessoa espiritualizada é alguém com a consciência expandida, principalmente dotada da capacidade de equilibrar suas emoções, evitando confusões ou conflitos. Engano nosso nos considerarmos evoluídos porque já deciframos o Tao Te Ching, interpretamos o Bagavad Ghita, decoramos a Bíblia Sagrada ou o Evangelho Segundo o Espiritismo. Nenhuma dessas obras divinas terão seus propósitos alcançados se suas mensagens não conseguirem nos levar a maiores níveis de compreensão de nossa existência, e, principalmente a maior capacidade de equilíbrio emocional.

Parece até estranho dizer, mas uma evoluída espiritualmente é alguém que domina suas inferioridades, torna-se equilibrada em suas emoções e consciente da missão de sua alma. Em resumo: é o indivíduo paciente, ponderado, que não julga, que sabe perdoar, que ajuda o próximo, que não se fascina no mundo material, que faz sua parte para ajudar o planeta a evoluir.

Esse estado pode sim ser conquistado em uma igreja, templo, centro etc. Todavia pode ser alcançado de forma autoditada, no contato com a natureza, na oração, na meditação, na prática de aprender a olhar para o seu “Eu Interior”.

Nosso maior objetivo nesse material é estimular que você possa ter aprendizados práticos na sua vida sobre essa questão. Poderíamos ficar definindo, exemplificando, explicando e até filosofando, contudo nossa meta é o aprendizado prático e na realidade dos fatos. A vida, a Física, os Grandes Mestres e tantas outras fontes nos mostram que “semelhante atrai semelhante”
S sugestão é que, sempre que a obsessão atingir alguém ao seu redor ou a você mesmo, você não tenha foco apenas em “exterminar” o obsessor a todo custo. É importante que você compreenda o que em você o atrai. O que em você o aproxima? Quais afinidades existem entre você e ele (obsessor)?

O maior aprendizado e a maior evolução teremos quando ignorarmos culpados, vilões, vítimas ou algozes. É preciso nos concentramos em nós mesmos, em um sentido profundo de reflexão consciente para detectarmos nossas falhas e melhorarmos nossa sintonia a cada dia.
Lembre-se: mente limpa, coração aberto e espírito puro não atraem obsessões. Portanto, as influências perniciosas são geradas por impurezas de nossas almas, inegavelmente. Por essa visão podemos concluir: A obsessão é o indicador que avisa a necessidade latente de evolução.

NA PRÁTICA

AÇÕES CONCRETAS PARA UTILIZAR ESSE CONHECIMENTO


- Você não é responsável pela felicidade de ninguém, seja que for. E ninguém é responsável pela 

sua felicidade. Compreenda que cada um nesta vida tem sua missão. Permita que as pessoas venham até seu convívio, mas entenda que elas podem partir a qualquer momento. Deixe as pessoas livres.

- Se sua felicidade depende de alguém, alguma coisa ou situação, aceite: você é um obsessor desse alguém, coisa ou situação. Identifique essas situações e comece a se libertar, pratique o desapego, lhe fará muito bem.”


Bruno J. Gimenes¹ - Saiba mais sobre o escritor acessando o link: 
www.luzdaserraeditora.com.br/autores/detalhes/1/Bruno+J.Gimenes


Patrícia Cândido² - Saiba mais sobre a escritora acessando o link:
www.luzdaserraeditora.com.br/autores/detalhes/2/Patr%C3%ADcia+de+Oliveira+C%C3%A2ndido


Acesse também o site Luz da Serra, onde os dois escritores são os fundadores deste maravilhoso trabalho com a missão bem definida em ajudar as pessoas a se ajudarem.
www.luzdaserraeditora.com.br/


Eu recomendo a compra deste livro, realmente é uma obra excelente e pode ser consultada a qualquer momento.
Acesse o site Loja Virtual Luz da Serra, para comprar o livro Evolução Espiritual na Prática, é rápido, seguro e tem o melhor preço.
Acesse: www.lojaluzdaserra.com.br


Para ver vídeos e áudios do Bruno J. Gimenes, acesse o Canal Sol do Everest o link: www.youtube.com/soldoeverest

Postagens mais visitadas deste blog

Brian Weiss - Sobre Almas Gêmeas.

Em "SÓ O AMOR É REAL", Brian Weiss revela que cada um de nós possui alguém que nos acompanha pela eternidade. Alguém que já tivemos a felicidade de encontrar ou que está à nossa procura, porque fomos destinados, para sempre, um ao outro.

Não há coincidências no amor. "A alma do homem é como a água; vem do céu, e sobe para o céu, para depois voltar à Terra, em eterno ir e vir". O destino determina o encontro de almas gêmeas. Sem dúvida, estamos fadados a encontrá-las. Mas o que decidimos fazer depois desse encontro depende de opção ou de livre arbítrio. Uma opção errada ou uma oportunidade perdida pode resultar em incrível solidão e sofrimento. Escolhas certas e oportunidades realizadas podem trazer-nos profunda satisfação e felicidade.

Para cada um de nós, existe alguma pessoa especial. Muitas vezes existem duas, três ou mesmo quatro. Todas vêm de gerações diferentes. Atravessam oceanos de tempo e profundidades celestiais para estarem conosco novamente. Vêm do outr…

Jefferson L. Orlando: A mudança acontece de dentro para fora...

A tão esperada virada do jogo começa dentro de nós, para só assim então, colocarmos ela em prática para fora em nossas atitudes e ações.
Não existe mudança verdadeira, quando a atitude parte somente de fora.
Não se engane querendo mostrar atitudes externas que não condizem com as internas, quando o silêncio da noite chegar e no seu íntimo você acessar, no mesmo momento irá saber que tem algo ai dentro que não mudou.
Para mudar é preciso coragem, determinação, foco, objetivo, garra e principalmente a tão esperada mudança nos padrões de pensamentos.
Se acostumar com os pensamentos a que vem tendo desde criança até hoje é fácil, não precisar mudar nada e chega a ser cômodo. Sair da zona de conforto às vezes é crucial, mas quase ninguém quer sair do conforto de não precisar colocar as mãos na massa da transformação.
A zona de conforto, não é necessariamente uma área em que a pessoa esteja vivendo uma vida ótima, com um excelente emprego, uma família equilibrada, um feliz relacionamento amoroso…

Machado de Assis - Eterno parênteses em aberto...

"Você é aquilo que ninguém vê. Uma coleção de histórias, estórias, memórias, dores, delícias, pecados, bondades, tragédias e sucessos, sentimentos e pensamentos. 

Se definir é se limitar. 

Você é um eterno parênteses em aberto, enquanto sua eternidade durar." 

Machado de Assis

Site:www.soldoeverest.com.br
Site no Somos Todos Um: www.stum.com.br/st13651
Canal Sol do Everest: www.youtube.com/soldoeverest