Pular para o conteúdo principal

Wagner Borges - CONVERSANDO COM UM CAVALEIRO DO AMOR (Uma Entrevista com um Mestre da Cura Espiritual)


(Uma Entrevista com um Mestre da Cura Espiritual)


- Você sempre aconselha as pessoas a elevarem os pensamentos e sentimentos ao Alto, no sentido de pedirem perdão pelas tolices feitas. Todavia, por que o Céu precisaria de alguém pedir perdão para acertar as coisas?

R. Meu filho, realmente Nosso Senhor não precisa que ninguém peça perdão a Ele, pois o Seu amor é incondicional. Contudo, o homem precisa fazer isso, para dar-se conta de que precisa quebrar seus padrões antigos e renovar sua consciência. E também para afirmar a si mesmo no sentido de melhorar. Não é questão de se humilhar diante do Céu, que não precisa disso, mas de modéstia e quebra do orgulho do homem. E não basta pedir perdão, se não houver um desejo sincero de mudança.

- E os que pedem perdão só da boca para fora, sem espírito e verdade?

R. São hipócritas tentando enganar o Céu. São tolos! Não enganam nem a si mesmos, quanto mais ao Senhor de todas as coisas.

- Preces realmente são eficazes? São mesmo necessárias?

R. Se somente rezar resolvesse as coisas, todos os religiosos do mundo seriam pessoas maravilhosas e compreensivas. E não é isso que se vê por aí... O que importa é a atitude da pessoa. O que ela é em essência, e o que a anima na vida. E isso tem mais a ver com o caráter de cada um, e não com doutrinas ou petitórios ao Senhor. No entanto, quando a prece é feita de coração, o Céu sabe. E aí, uma luz desce sobre a pessoa e toca seus melhores potenciais. E é tão bonita uma prece de agradecimento. Pena que muitos nem pensem nisso. Só querem incomodar o Senhor com seus pedidos egoístas.

- Você pode passar algumas dicas para os curadores?

R. Trabalhar com cura é tarefa de grande responsabilidade. Ao ajudar os outros, a pessoa solve antigos débitos cármicos* dela mesma. Mas nenhum curador deve trabalhar por isso. O seu objetivo é fazer o outro melhorar e ser feliz. E não é bom ter vaidade alguma nisso, pois é a Luz do Universo que realiza os acertos necessários e equilibra as energias. O curador é um canal psíquico e seu trabalho é abrir-se ao fluxo da vida universal, para que o verdadeiro poder passe através dele e opere os procedimentos adequados, que só o Alto conhece. Modéstia e gratidão são as tônicas dos curadores responsáveis e amorosos.

- Você curou muitas pessoas - e se ligava às vibrações de Jesus. Como é que era isso?

R. Nosso Senhor sempre foi minha inspiração. Ele foi o maior curador de todos. Nele, a arte da Taumaturgia foi elevada ao máximo. Quando eu pensava nas mãos dele espargindo bênçãos entre os homens, descia uma luz intensa sobre minha cabeça, e minhas mãos ficavam bem quentes, como se houvesse brasas no centro delas. E meu coração era arrebatado por ondas de amor. E, nas horas de angústias e provações, eu me recolhia em prece. E Ele enviava o auxílio necessário, dotando-me de forças para vencer as dificuldades, que muitas vezes me eram impostas pela calúnia e inveja das pessoas.
Sem Jesus, eu não era nada! E não falo isso por devoção cega, não. Você sabe o quanto prezo o discernimento, e que estudei as doutrinas orientais também. Mas é a verdade!
Muitos me chamaram de taumaturgo**, mas Ele era a fonte de energia e amor que passavam por mim. Eu era um canal esforçado, apenas isso.

- Dizem que você previu a Primeira Grande Guerra Mundial e a gripe espanhola. Isso é verdade?

R. Infelizmente, prever guerras entre os homens é fácil. Difícil é prever a paz. E pandemias graves surgem ocasionalmente. Fazem parte das provações do mundo. Enquanto o egoísmo e a violência persistirem em suas relações, os homens serão atormentados por provações diversas. E, diante delas, todos ficam pequenos e carentes. Na hora do choro que vem do fundo do coração, que força do mundo poderá curar as dores de dentro? Meu filho, ninguém está livre de infortúnios. Portanto, é de bom tom haurir energias superiores durante a meditação, e orar ao Alto para que o melhor aconteça para todos.

- É verdade que você escutava sons celestes e melodias etéreas?

R. Sim, é verdade. Mas isso ocorria mais durante o sono, ou mesmo na meditação. Era comum, naqueles momentos de transição entre a vigília e o sono – e do sono para a vigília -, que eu visse clichês astrais e ouvisse músicas sublimes, vindas de outros planos. E, ocasionalmente, eu saia do meu corpo e operava em espírito. Eu era levado no ar por mãos invisíveis, que me direcionavam a pessoas doentes e aos espíritos infelizes que as oprimiam. E ali eu aplicava energias mediante a arte da Taumaturgia, sempre ligado a Jesus. E, depois, voltava para o corpo físico com as mãos formigando e uma alegria que não era da Terra. Em muitos desses momentos, eu também ouvia músicas transcendentais.

P.S.:
Nesse ponto do papo, que rolou extrafisicamente, enquanto eu estava projetado fora do meu corpo***, aproveitando a liberdade concedida pelo sono, ele me disse que tinha algo a fazer e que não poderia ficar mais. E me prometeu voltar numa outra hora para continuarmos a conversa. E também me disse que me passaria algumas orientações extrafísicas pertinentes. Então, vamos aguardar o seu retorno.

Paz e Luz.

- Wagner Borges –

- Notas:
* Cármicos – do sânscrito, Karma, ação, causa - toda ação gera uma reação correspondente; toda causa gera o seu efeito correspondente. A esse mecanismo universal os hindus chamaram carma. Suas repercussões na vida dos seres e seus atos podem ser denominados de consequências cármicas.
** Taumaturgo: é aquele que pratica a Taumaturgia (também chamada de Teurgia), que, no contexto exotérico (aberto), é a arte de operar milagres. Porém, no contexto esotérico (fechado, hermético), é a arte de ser canal das potencias celestes para a cura dos homens e a transformação da consciência (alquimia interior).

*** Projeção da consciência – é a capacidade parapsíquica - inerente a todas as criaturas -, que consiste na projeção da consciência para fora de seu corpo físico.
Sinonímias: Viagem astral – Ocultismo.
Projeção astral – Teosofia.
Projeção do corpo psíquico - Ordem Rosacruz.
Experiência fora do corpo – Parapsicologia.
Viagem da alma – Eckancar.
Viagem espiritual – Espiritualismo.
Viagem fora do corpo – Diversos projetores extrafísicos e autores.
        Emancipação da alma (ou desprendimento espiritual) – Espiritismo.
        Arrebatamento espiritual - autores cristãos

☼ Wagner Borges – nascido no Rio de Janeiro em setembro de 1961 – é pesquisador espiritualista, projetor extrafísico, conferencista, consultor da Revista UFO e colaborador de várias outras revistas como, Sexto Sentido, Espiritismo e Ciência, Revista Cristã de Espiritismo, Caminho Espiritual, e também do Jornal O Legado.
É escritor - autor de onze livros dentro da temática projetiva e espiritual, dentre eles a série “Viagem Espiritual”, sobre as experiências fora do corpo.
É colunista de vários sites na Internet: SomosTodosUm , Revista Sexto Sentido, Revista Caminho Espiritual, Revista Cristã de Espiritismo, site IPPB:www.ippb.org.br, dentre outros.
É radialista – apresentador do programa “Viagem Espiritual”, na Rádio Mundial de São Paulo – 95.7 FM.

Para ver vídeos e ouvir áudios do Wagner Borges, acesse sua sessão em nosso Exclusivo Canal Sol do Everest no Youtube - www.youtube.com/playlist?list=PLFC3C6B292A9EE691
Site no Portal Somos Todos Um: www.stum.com.br/st13651
Canal Sol do Everest: www.youtube.com/soldoeverest

Postagens mais visitadas deste blog

Brian Weiss - Sobre Almas Gêmeas.

Em "SÓ O AMOR É REAL", Brian Weiss revela que cada um de nós possui alguém que nos acompanha pela eternidade. Alguém que já tivemos a felicidade de encontrar ou que está à nossa procura, porque fomos destinados, para sempre, um ao outro.

Não há coincidências no amor. "A alma do homem é como a água; vem do céu, e sobe para o céu, para depois voltar à Terra, em eterno ir e vir". O destino determina o encontro de almas gêmeas. Sem dúvida, estamos fadados a encontrá-las. Mas o que decidimos fazer depois desse encontro depende de opção ou de livre arbítrio. Uma opção errada ou uma oportunidade perdida pode resultar em incrível solidão e sofrimento. Escolhas certas e oportunidades realizadas podem trazer-nos profunda satisfação e felicidade.

Para cada um de nós, existe alguma pessoa especial. Muitas vezes existem duas, três ou mesmo quatro. Todas vêm de gerações diferentes. Atravessam oceanos de tempo e profundidades celestiais para estarem conosco novamente. Vêm do outr…

Jefferson L. Orlando: A mudança acontece de dentro para fora...

A tão esperada virada do jogo começa dentro de nós, para só assim então, colocarmos ela em prática para fora em nossas atitudes e ações.
Não existe mudança verdadeira, quando a atitude parte somente de fora.
Não se engane querendo mostrar atitudes externas que não condizem com as internas, quando o silêncio da noite chegar e no seu íntimo você acessar, no mesmo momento irá saber que tem algo ai dentro que não mudou.
Para mudar é preciso coragem, determinação, foco, objetivo, garra e principalmente a tão esperada mudança nos padrões de pensamentos.
Se acostumar com os pensamentos a que vem tendo desde criança até hoje é fácil, não precisar mudar nada e chega a ser cômodo. Sair da zona de conforto às vezes é crucial, mas quase ninguém quer sair do conforto de não precisar colocar as mãos na massa da transformação.
A zona de conforto, não é necessariamente uma área em que a pessoa esteja vivendo uma vida ótima, com um excelente emprego, uma família equilibrada, um feliz relacionamento amoroso…

Machado de Assis - Eterno parênteses em aberto...

"Você é aquilo que ninguém vê. Uma coleção de histórias, estórias, memórias, dores, delícias, pecados, bondades, tragédias e sucessos, sentimentos e pensamentos. 

Se definir é se limitar. 

Você é um eterno parênteses em aberto, enquanto sua eternidade durar." 

Machado de Assis

Site:www.soldoeverest.com.br
Site no Somos Todos Um: www.stum.com.br/st13651
Canal Sol do Everest: www.youtube.com/soldoeverest