Pular para o conteúdo principal

Jefferson L. Orlando - Relato de Projeção Astral – Assistência Espiritual em queda de avião Russo.



Quarta-feira, 29 de Dezembro de 2010, tinha acabado de acordar com o despertador, era hora de levantar para trabalhar. Até este momento não lembrava nada do que tinha acontecido naquela noite.

Tenho o hábito de ficar alguns minutos em silêncio após do toque do despertador para ver se acesso alguma informação, mensagem espiritual através da intuição ou alguma recordação de uma projeção astral*.

Não acessei nada, levantei da cama, fiz tudo que tinha para fazer e fui para o trabalho.

Já no trabalho perto do horário do almoço, acessei na internet um portal de notícias, foi quando vi uma notícia que mencionava uma queda de avião militar na Rússia deixando 12 mortos.

Não costumava acessar aquele site, mas naquele dia vi aquela chamada e a mesma me chamou atenção. Cliquei na notícia e vi a imagem do acidente e uma foto original de como era o avião militar.

Através da notícia (como um link), eu me recordei em alguns instantes o que tinha acontecido naquela noite do dia 28 e madrugada de 29 de dezembro em projeção astral e tudo ficou muito claro. Como se fosse um filme através de um download instantâneo para meu cérebro em forma de informações em bloco, fui me lembrando de toda a experiência.

Já projetado com lucidez e por intuição me vi em algum país da Europa. As condições do tempo lá eram ruins e parecia estar frio naquela região.

Estava voando (volatiando) e acabei descendo até o chão daquele lugar.

Sabia que estava assistido por um Amparador Espiritual ao lado, porém não conseguia vê-lo.

Fiquei parado lá por um determinado tempo e também por intuição sabia que tinha acontecido algo de ruim naquele lugar.

De uma forma energética, o Amparador Espiritual mostrou em minha tela mental que houve uma queda de um grande avião naquela região. A visão foi extremamente nítida ao ponto de ver a cor da aeronave, as quatro turbinas e a explosão dela ao entrar em contato com o solo.

Na hora fiquei impressionado com aquelas cenas, não tinha o que fazer além de ver o que tinha acontecido.

O avião acabou se partindo inteiro, sob grandes chamas na aeronave e arredores. Não havia habitações no local da queda.

Senti que era hora da assistência espiritual aos espíritos que ali ainda estavam após a explosão do avião.

Então me preparei para ir em direção dos destroços e neste momento que fui apagado pelo Amparado Espiritual. A próxima recordação foi somente de ter acordado.

Já naquele instante de lembranças da projeção astral da noite passada e madrugada, me perguntei: - Por que não fiquei lúcido até o final da assistência espiritual para as pessoas que tinham desencarnado naquele acidente?

Neste momento recebi uma resposta através da intuição: Que eu não aguentaria as cenas fortes que estariam por vir com as pessoas naquele acidente. Se eu despertasse (voltasse para o corpo) durante aquela assistência, o Amparador Espiritual, não poderia ajudar os espíritos a passarem para um plano mais sutil e receberem algum provável tratamento.

A cada momento que vivo uma experiência como essa, minha vida nesta encarnação ganha um sentido maravilhoso e cada vez mais eu quero poder ser útil para o plano astral em suas infinitas moradas espirituais.

Vou deixar uma dica aqui antes de terminar este relato, se você quiser ser útil para o Mundo Espiritual durante sua noite de sono. Faça o seguinte:

Antes de dormir, diga mentalmente com muito amor, luz e firmeza, qual seja sua crença: “Hoje durante esta noite quero ser útil para o mundo espiritual, qual seja a necessidade, quero servir a mais pura luz! Se ainda for possível, quero voltar com mais conhecimento e uma pessoa um pouco melhor”.

Vou ficando por aqui... Até o próximo relato projetivo...

Fique com um grande abraço fraterno.

Jefferson L. Orlando

Observação: Logo abaixo uma notícia do acidente:

( http://bit.ly/1rQrZya ) Avião Antonov An-22 do ministério russo da Defesa caiu na madrugada desta quarta-feira na região de Tula, ao sul de Moscou, causando a morte de seus 12 ocupantes, segundo o último balanço oficial.
A aeronave realizava um exercício de treinamento. Havia decolado na terça-feira às 21h local (16h de Brasília) de Voronezh, no sudeste do país, em direção à região de Tver, no norte, com 12 membros da força aérea russa a bordo, informou o comitê investigador do Ministério Público em um comunicado.

"Menos de uma hora depois de decolar, os habitantes da região de Tula viram o avião e depois ouviram uma explosão. Às três da madrugada (de quarta-feira) o avião foi encontrado. Todos os seus ocupantes morreram", segundo o MP.

Os destroços do avião foram encontrados em um campo, onde o acidente criou uma cratera de cinco metros de profundidade, indicou à AFP Natalia Zemskova, porta-voz dos investigadores do distrito militar de Moscou.

Os acidentes com aviões militares são relativamente frequentes na Rússia.
Um porta-voz do ministério da Defesa, Igor Konashenkov, explicou que as más condições meteorológicas complicavam o trabalho dos investigadores. "Há uma tempestade de neve" na região onde ocorreu o acidente, declarou Konashenkov.


* Projeção Astral ou da Consciência:


É a capacidade parapsíquica, natural e espontânea que todo ser humano tem de projetar sua consciência para fora do corpo físico quando o metabolismo e as ondas cerebrais se encontram baixas, isto ocorre quando estamos dormindo, em estados de coma, meditação profunda... Essa experiência tem recebido diversas nomenclaturas, dependendo das doutrinas ou correntes de pensamento que a mencionem: Viagem astral (Esoterismo), projeção astral (Teosofia), experiência fora do corpo (Parapsicologia), desdobramento, desprendimento espiritual ou emancipação da alma (Espiritismo), projeção do corpo psíquico ou emocional (Rosacruz), projeção da consciência (Projeciologia) etc.

Sair do corpo é algo natural, fazemos todos os dias sem saber, mas a projeção lúcida (sair do corpo e se lembrar da experiência) requer responsabilidade e ética espiritual. É impossível desencarnar devido a uma viagem astral, mas é possível morrer sem nunca ter se projetado com lucidez.

Devemos tirar proveito destas experiências fora do corpo como aprender sobre a vida nos planos mais sutis, doar nosso amor em trabalhos de assistência extrafísica, servir aos mentores espirituais como humildes auxiliares, além de podermos encontrar com parentes e pessoas amadas que já desencarnaram.

Viagem astral não é turismo astral! Requer ética espiritual, maturidade e amor ao próximo.
Site no Portal Somos Todos Um: www.stum.com.br/st13651
Canal Sol do Everest: www.youtube.com/soldoeverest

Postagens mais visitadas deste blog

Brian Weiss - Sobre Almas Gêmeas.

Em "SÓ O AMOR É REAL", Brian Weiss revela que cada um de nós possui alguém que nos acompanha pela eternidade. Alguém que já tivemos a felicidade de encontrar ou que está à nossa procura, porque fomos destinados, para sempre, um ao outro.

Não há coincidências no amor. "A alma do homem é como a água; vem do céu, e sobe para o céu, para depois voltar à Terra, em eterno ir e vir". O destino determina o encontro de almas gêmeas. Sem dúvida, estamos fadados a encontrá-las. Mas o que decidimos fazer depois desse encontro depende de opção ou de livre arbítrio. Uma opção errada ou uma oportunidade perdida pode resultar em incrível solidão e sofrimento. Escolhas certas e oportunidades realizadas podem trazer-nos profunda satisfação e felicidade.

Para cada um de nós, existe alguma pessoa especial. Muitas vezes existem duas, três ou mesmo quatro. Todas vêm de gerações diferentes. Atravessam oceanos de tempo e profundidades celestiais para estarem conosco novamente. Vêm do outr…

Machado de Assis - Eterno parênteses em aberto...

"Você é aquilo que ninguém vê. Uma coleção de histórias, estórias, memórias, dores, delícias, pecados, bondades, tragédias e sucessos, sentimentos e pensamentos. 

Se definir é se limitar. 

Você é um eterno parênteses em aberto, enquanto sua eternidade durar." 

Machado de Assis

Site:www.soldoeverest.com.br
Site no Somos Todos Um: www.stum.com.br/st13651
Canal Sol do Everest: www.youtube.com/soldoeverest

Jefferson L. Orlando: A mudança acontece de dentro para fora...

A tão esperada virada do jogo começa dentro de nós, para só assim então, colocarmos ela em prática para fora em nossas atitudes e ações.
Não existe mudança verdadeira, quando a atitude parte somente de fora.
Não se engane querendo mostrar atitudes externas que não condizem com as internas, quando o silêncio da noite chegar e no seu íntimo você acessar, no mesmo momento irá saber que tem algo ai dentro que não mudou.
Para mudar é preciso coragem, determinação, foco, objetivo, garra e principalmente a tão esperada mudança nos padrões de pensamentos.
Se acostumar com os pensamentos a que vem tendo desde criança até hoje é fácil, não precisar mudar nada e chega a ser cômodo. Sair da zona de conforto às vezes é crucial, mas quase ninguém quer sair do conforto de não precisar colocar as mãos na massa da transformação.
A zona de conforto, não é necessariamente uma área em que a pessoa esteja vivendo uma vida ótima, com um excelente emprego, uma família equilibrada, um feliz relacionamento amoroso…