Pular para o conteúdo principal

Wagner Borges - Conscienciobol


No mundo futebolístico, os comentaristas, técnicos e torcedores chamam os jogadores que não têm muita habilidade com a bola de “pernas de pau”.
         É um nome bem apropriado para quem dá passes de canela, corre desordenadamente e chuta bisonhamente, enfeiando a arte de jogar futebol.
         A coitadinha da bola sofre horrores ao ser tratada tão mal por esses péssimos jogadores.
         No mundo espiritual, os comentaristas, técnicos e torcedores extrafísicos chamam as consciências que não têm muita habilidade com a “bola da vida” de “consciências de pau”. É um nome bem apropriado para quem trata tão mal a “bola domicilial” que a natureza lhe jogou.
         Estamos falando dessa azulada redonda, chamada Terra, onde você mora e onde se joga, além do futebol e outros esportes, o “conscienciobol”.

         Comparando o futebol com o conscienciobol, podemos ver o seguinte:
        
         1) O futebol é jogado em 90 minutos;
         O conscienciobol é jogado a vida inteira.
        
         2) No futebol, tem um juiz apitando o jogo;
         No conscienciobol, o juiz é você mesmo.
        
         3) No futebol, têm dois times jogando;
         No conscienciobol, também têm dois times jogando, o time dos vivos que morrem e o time dos mortos que vivem.
        
         4) No futebol, têm jogadores habilidosos que tratam a bola com carinho e encantam os observadores com suas jogadas maravilhosas. E têm também jogadores medíocres que maltratam a bola e horrorizam os observadores com suas jogadas horrorosas;
         No conscienciobol, têm consciências habilidosas e criativas que tratam a bola azulada com carinho e encantam os observadores com suas atitudes maravilhosas. Porém têm também consciências medíocres e destrutivas que maltratam a bola azulada e horrorizam os observadores com suas atitudes tacanhas.
         Baseado nisso, para observarmos se você é um bom jogador de conscienciobol, nós resolvemos fazer-lhe as seguintes perguntas:
         Você tem consciência de seu potencial?
         Você “dribla” bem seu mau humor?
         Você é um jogador polivalente e joga em várias posições da vida? Ou é somente um desses jogadores técnicos em demasia, que só joga em uma posição, mas é medíocre nas outras?
         Você costuma jogar seus problemas para escanteio ou prefere desarmá-los com maestria?
         Você objetiva jogar, algum dia, na seleção do Bem?
         Você costuma chutar as pessoas “de canela” ou tem o hábito de “pegar de voleio, na veia”, e jogá-las para bem longe de seu campo?
         Você é um bom artilheiro? Quantos gols a favor do Bem você já fez?
         Você volta para marcar o adversário ou é daqueles que ficam parados na “banheira”, esperando a vida jogar-lhe uma oportunidade?
Você costuma pegar os outros por trás? Então, cuidado: a vida lhe dará cartão vermelho.
         Você ensaia as jogadas ou costuma agir sem pensar?
         Você sua a camisa pela vitória ou é daqueles que espera que os outros resolvam a partida da vida por você?
         Você gosta de jogar vibrando pela vida ou é daqueles que fica passeando em campo e escondendo-se do jogo?
         Você é um craque em viver bem com os outros ou é daqueles “cabeças de bagre” que só sabem brigar e jogar mal?
Você bate bem os pênaltis de sua vida ou acovarda-se e pede a outro para bater?

P.S.:
No astral não há almas penadas. Elas estão todas reencarnadas…
Assombrando a si mesmas com seus medos e confusões.

- Companhia do Amor* -
A Turma dos Poetas em Flor.
(Recebido espiritualmente por Wagner Borges* – São Paulo, 25 de março de 1994.)

- Nota:
* A Companhia do Amor é um grupo de cronistas, poetas e escritores brasileiros desencarnados que me passam textos e mensagens espirituais há vários anos. Em sua grande maioria, são poetas e muito bem humorados. Segundo eles, os seus escritos são para mostrar que os espíritos não são nuvenzinhas ou luzinhas piscando em um plano espiritual inefável. Eles querem mostrar que continuam sendo pessoas comuns, apenas vivendo em outros planos, sem carregar o corpo denso. Querem que as pessoas encarnadas saibam que não existe apenas vida após a morte, mas, também, muita alegria e amor. Os seus textos são simples e diretos, buscando o coração do leitor.

Para mais detalhes sobre o trabalho dessa turma maravilhosa, ver os livros "Companhia do Amor - A Turma dos Poetas em Flor – Volumes 1 e 2" - Edição independente - Wagner Borges -, e sua coluna no site do IPPB (que é uma das seções mais visitadas no site):   http://www.ippb.org.br/index.php?option=com_content&view=category&id=78:cia-do-amor&Itemid=109&layout=default

☼ Wagner Borges – nascido no Rio de Janeiro em setembro de 1961 – é pesquisador espiritualista, projetor extrafísico, conferencista, consultor da Revista UFO e colaborador de várias outras revistas como, Sexto Sentido, Espiritismo e Ciência, Revista Cristã de Espiritismo, Caminho Espiritual, e também do Jornal O Legado.
É escritor - autor de onze livros dentro da temática projetiva e espiritual, dentre eles a série “Viagem Espiritual”, sobre as experiências fora do corpo.
É colunista de vários sites na Internet: SomosTodosUm , Revista Sexto Sentido, Revista Caminho Espiritual, Revista Cristã de Espiritismo, site IPPB: www.ippb.org.br, dentre outros.
É radialista – apresentador do programa “Viagem Espiritual”, na Rádio Mundial de São Paulo – 95.7 FM.

Para ver vídeos e ouvir áudios do Wagner Borges, acesse sua sessão em nosso Exclusivo Canal Sol do Everest no Youtube - www.youtube.com/playlist?list=PLFC3C6B292A9EE691
Site no Portal Somos Todos Um: www.stum.com.br/st13651
Canal Sol do Everest: www.youtube.com/soldoeverest   

Postagens mais visitadas deste blog

Brian Weiss - Sobre Almas Gêmeas.

Em "SÓ O AMOR É REAL", Brian Weiss revela que cada um de nós possui alguém que nos acompanha pela eternidade. Alguém que já tivemos a felicidade de encontrar ou que está à nossa procura, porque fomos destinados, para sempre, um ao outro.

Não há coincidências no amor. "A alma do homem é como a água; vem do céu, e sobe para o céu, para depois voltar à Terra, em eterno ir e vir". O destino determina o encontro de almas gêmeas. Sem dúvida, estamos fadados a encontrá-las. Mas o que decidimos fazer depois desse encontro depende de opção ou de livre arbítrio. Uma opção errada ou uma oportunidade perdida pode resultar em incrível solidão e sofrimento. Escolhas certas e oportunidades realizadas podem trazer-nos profunda satisfação e felicidade.

Para cada um de nós, existe alguma pessoa especial. Muitas vezes existem duas, três ou mesmo quatro. Todas vêm de gerações diferentes. Atravessam oceanos de tempo e profundidades celestiais para estarem conosco novamente. Vêm do outr…

Machado de Assis - Eterno parênteses em aberto...

"Você é aquilo que ninguém vê. Uma coleção de histórias, estórias, memórias, dores, delícias, pecados, bondades, tragédias e sucessos, sentimentos e pensamentos. 

Se definir é se limitar. 

Você é um eterno parênteses em aberto, enquanto sua eternidade durar." 

Machado de Assis

Site:www.soldoeverest.com.br
Site no Somos Todos Um: www.stum.com.br/st13651
Canal Sol do Everest: www.youtube.com/soldoeverest

Jefferson L. Orlando: A mudança acontece de dentro para fora...

A tão esperada virada do jogo começa dentro de nós, para só assim então, colocarmos ela em prática para fora em nossas atitudes e ações.
Não existe mudança verdadeira, quando a atitude parte somente de fora.
Não se engane querendo mostrar atitudes externas que não condizem com as internas, quando o silêncio da noite chegar e no seu íntimo você acessar, no mesmo momento irá saber que tem algo ai dentro que não mudou.
Para mudar é preciso coragem, determinação, foco, objetivo, garra e principalmente a tão esperada mudança nos padrões de pensamentos.
Se acostumar com os pensamentos a que vem tendo desde criança até hoje é fácil, não precisar mudar nada e chega a ser cômodo. Sair da zona de conforto às vezes é crucial, mas quase ninguém quer sair do conforto de não precisar colocar as mãos na massa da transformação.
A zona de conforto, não é necessariamente uma área em que a pessoa esteja vivendo uma vida ótima, com um excelente emprego, uma família equilibrada, um feliz relacionamento amoroso…