Pular para o conteúdo principal

Gleise Bini - Preconceito.


O preconceito pode ser definido como a antecipação de idéias, sem ponderação ou conhecimento dos fatos.  Sua predisposição pode ter origem em crenças estabelecidas ou superstições que podem gerar sentimentos e até atitudes negativas.
Para Adorno (1950), um estudioso do comportamento humano, a fonte do preconceito é uma personalidade autoritária ou intolerante. Pessoas autoritárias tendem a ser rigidamente convencionais. Partidárias do seguimento às normas e do respeito às tradições, elas são hostis com aqueles que desafiam as regras sociais. Respeitam a autoridade e submetem-se a ela, bem como se preocupam com o poder da resistência. Ao olhar para o mundo através de uma lente de categorias rígidas, elas não acreditam na natureza humana, temendo e rejeitando todos os grupos sociais aos quais não pertencem. O preconceito é uma manifestação de sua desconfiança e suspeita.
Com base no que foi citado acima, podemos concluir que o preconceito de modo geral é um fator limitante para que possamos seguir no caminho do desenvolvimento pessoal e para relações interpessoais mais positivas. Todos nós em algum momento temos atitudes de discriminação em maior ou menor grau em virtude do preconceito. O que fazemos muitas vezes é negar que ele existe que faz parte de nós. O policiamento de nossos pensamentos e atitudes se faz necessário para manter a paz interior e social. O desenvolvimento da tolerância com o que é diferente ou contrário às nossas crenças e convicções é sem duvida o caminho para relações mais harmoniosas.
Todo e qualquer tipo de preconceito (idéias) e discriminação (atitudes) é  representada pela ignorância que pode ser expressa de modo cruel e covarde.
É preciso ter consciência de que as diferenças existem e essa sabedoria chega atraves do exercício da tolerância. É nosso dever desenvolver o entendimento e respeito pelo outro, caso contrário a intolerância será expressa pela falta de humildade e humanidade, podendo acarretar em isolamento daquele que exerce o preconceito.
Vamos rever nossos conceitos!!!
Grande abraço,
Gleise Bini*

* Naturóloga, profissional que utiliza técnicas terapêuticas naturais e milenares para o tratamento integral da saúde. Um processo terapêutico que visa o equilibrio do ser humano com o meio em que vive, promovendo qualidade de vida. Algumas técnicas utilizadas: essências florais, aromaterapia, acupuntura, nutrição, fitoterapia, cromoterapia, reiki, entre outras.
Contato profissional: gleisebini@gmail.com


Site: www.soldoeverest.com.br
Canal Sol do Everest: www.youtube.com/soldoeverest

Postagens mais visitadas deste blog

Brian Weiss - Sobre Almas Gêmeas.

Em "SÓ O AMOR É REAL", Brian Weiss revela que cada um de nós possui alguém que nos acompanha pela eternidade. Alguém que já tivemos a felicidade de encontrar ou que está à nossa procura, porque fomos destinados, para sempre, um ao outro.

Não há coincidências no amor. "A alma do homem é como a água; vem do céu, e sobe para o céu, para depois voltar à Terra, em eterno ir e vir". O destino determina o encontro de almas gêmeas. Sem dúvida, estamos fadados a encontrá-las. Mas o que decidimos fazer depois desse encontro depende de opção ou de livre arbítrio. Uma opção errada ou uma oportunidade perdida pode resultar em incrível solidão e sofrimento. Escolhas certas e oportunidades realizadas podem trazer-nos profunda satisfação e felicidade.

Para cada um de nós, existe alguma pessoa especial. Muitas vezes existem duas, três ou mesmo quatro. Todas vêm de gerações diferentes. Atravessam oceanos de tempo e profundidades celestiais para estarem conosco novamente. Vêm do outr…

Machado de Assis - Eterno parênteses em aberto...

"Você é aquilo que ninguém vê. Uma coleção de histórias, estórias, memórias, dores, delícias, pecados, bondades, tragédias e sucessos, sentimentos e pensamentos. 

Se definir é se limitar. 

Você é um eterno parênteses em aberto, enquanto sua eternidade durar." 

Machado de Assis

Site:www.soldoeverest.com.br
Site no Somos Todos Um: www.stum.com.br/st13651
Canal Sol do Everest: www.youtube.com/soldoeverest

Jefferson L. Orlando: A mudança acontece de dentro para fora...

A tão esperada virada do jogo começa dentro de nós, para só assim então, colocarmos ela em prática para fora em nossas atitudes e ações.
Não existe mudança verdadeira, quando a atitude parte somente de fora.
Não se engane querendo mostrar atitudes externas que não condizem com as internas, quando o silêncio da noite chegar e no seu íntimo você acessar, no mesmo momento irá saber que tem algo ai dentro que não mudou.
Para mudar é preciso coragem, determinação, foco, objetivo, garra e principalmente a tão esperada mudança nos padrões de pensamentos.
Se acostumar com os pensamentos a que vem tendo desde criança até hoje é fácil, não precisar mudar nada e chega a ser cômodo. Sair da zona de conforto às vezes é crucial, mas quase ninguém quer sair do conforto de não precisar colocar as mãos na massa da transformação.
A zona de conforto, não é necessariamente uma área em que a pessoa esteja vivendo uma vida ótima, com um excelente emprego, uma família equilibrada, um feliz relacionamento amoroso…