Pular para o conteúdo principal

Bruno J. Gimenes - A missão de cada um.



Você não conseguirá se realizar se não viver a maior parte do seu tempo fazendo o que não gosta.
Você não será feliz se fizer unicamente o que é obrigado a fazer.
Você jamais estará em paz consigo mesmo se viver apenas para agradar aos outros.
Alegria e amor só brotarão no seu coração se você passar a maior parte do seu tempo animado pelo efeito do sentimento que tem em fazer o que gosta e viver de maneira agradável.
Todos sabemos que durante a nossa vida, e na rotina do dia a dia, não temos como fazer apenas o que nos agrada. Quase sempre é necessário fazermos diversas tarefas por obrigação, necessidade, e até contrariados. Todavia, a maior parte do seu tempo, deve ser usada para se viver em comunhão com o que lhe anima e lhe motiva para a vida.
Tome uma criança como exemplo. Quando ela está se divertindo e meio as suas fantasias, as suas brincadeiras e seu brinquedos, o sentimento que ela nutri é de pura plenitude, de conexão com a Fonte Maior e de alegria. Para ela, no momento de sua brincadeira, tudo está fluindo perfeitamente.
Você pode estar dizendo que não tem mais como viver uma vida de criança. Obviamente que sabemos disso, entretanto, alguns aspectos podem ser observados e utilizados para melhor entendimento do assunto, porque quando a criança está em sintonia plena com a alegria da sua brincadeira, ela está sorridente e abastecida com uma grande quantidade de energia vital e entusiasmo.
Não temos como ser felizes, realizarmos grandes feitos ou termos criatividade, se não estivemos sintonizados com a alegria de fazer as tarefas diárias. É por isso que o ser humano precisa dar toda atenção e foco quando for escolher sua atividade profissional ou o conjunto de tarefas que tomem a maior parte do tempo de sua vida. É por isso também que se faz necessário saber construir relacionamentos que não lhe bloqueiem de ser a pessoa que você é com as características únicas que você tem.  Infelizmente, a maioria das pessoas na tentativa de se encaixar no estilo louco de vida atual, acaba que desenvolvendo atitudes que não representem exatamente a essência do que são, na tentativa de serem melhor aceitas ou de agradar a sociedade em que vive. Quando isso acontece, a pessoa se descontroi, se desconecta dela mesma e perde a força de entusiasmo tão necessária para viver bem a sua vida.
Você precisa ser o que nasceu para ser. Precisa encontrar o seu lugar no mundo e realizar a missão da sua alma, pois só assim você estará integrado com a sua própria essência, que por consequência é a via de acesso da plenitude em sua vida.
Infelizmente esta condição atual da vida no planeta, o que mis encontramos são pessoas vivendo no "piloto-automático", movidas unicamente por questões materiais  e pela necessidade de manter seus estilos de vida, os quais nem sempre são estilos em sintonia como o que realmente desejariam que fosse.
O que essas pessoas não percebem é que ao agirem assim, estão fundando as bases de sua existência, no medo e na incoerência, as quais cobram o seu preço.
A maioria das pessoas não trabalha no que gosta e suas tarefas diárias não alimentam a sua alma. Uma pequena parcela apenas trabalha ou vive motivada pelos sentimento de estar plenamente em "seus lugares". Se sentir em "seu lugar" quer dizer que você se conhece e conhece os seus potenciais. Você gosta da pessoa que é, gosta de fazer o que faz  e gosta de ficar em sua própria companhia. Se sentir em seu lugar é amar o ser que você se tornou, pois aprendeu que as suas potencialidades surgem quando você é fiel com o seu conjunto de valores. Se sentir em "seu lugar" é viver a  verdade da sua alma, agindo, vivendo e se movimentando com base no sentido que vem de dentro de você.
Não se pode viver a plenitude sem estar no "devido lugar". Não dá para ser plenamente feliz sem estar desempenhando o seu papel.
Para se realizar você precisará focar obstinadamente em ser fiel ao que você nasceu para ser. "Conhecereis a verdade e ela voz libertará.
Bruno J. Gimenes
Para ver vídeos e ouvir áudios do Bruno J. Gimenes, acesse o Canal Sol do Everest o link: www.youtube.com/soldoeverest

Bruno J. Gimenes - bruno@luzdaserra.com.br - www.luzdaserra.com.br/conectados/brunojgimenes/perfil/

Postagens mais visitadas deste blog

Brian Weiss - Sobre Almas Gêmeas.

Em "SÓ O AMOR É REAL", Brian Weiss revela que cada um de nós possui alguém que nos acompanha pela eternidade. Alguém que já tivemos a felicidade de encontrar ou que está à nossa procura, porque fomos destinados, para sempre, um ao outro.

Não há coincidências no amor. "A alma do homem é como a água; vem do céu, e sobe para o céu, para depois voltar à Terra, em eterno ir e vir". O destino determina o encontro de almas gêmeas. Sem dúvida, estamos fadados a encontrá-las. Mas o que decidimos fazer depois desse encontro depende de opção ou de livre arbítrio. Uma opção errada ou uma oportunidade perdida pode resultar em incrível solidão e sofrimento. Escolhas certas e oportunidades realizadas podem trazer-nos profunda satisfação e felicidade.

Para cada um de nós, existe alguma pessoa especial. Muitas vezes existem duas, três ou mesmo quatro. Todas vêm de gerações diferentes. Atravessam oceanos de tempo e profundidades celestiais para estarem conosco novamente. Vêm do outr…

Jefferson L. Orlando: A mudança acontece de dentro para fora...

A tão esperada virada do jogo começa dentro de nós, para só assim então, colocarmos ela em prática para fora em nossas atitudes e ações.
Não existe mudança verdadeira, quando a atitude parte somente de fora.
Não se engane querendo mostrar atitudes externas que não condizem com as internas, quando o silêncio da noite chegar e no seu íntimo você acessar, no mesmo momento irá saber que tem algo ai dentro que não mudou.
Para mudar é preciso coragem, determinação, foco, objetivo, garra e principalmente a tão esperada mudança nos padrões de pensamentos.
Se acostumar com os pensamentos a que vem tendo desde criança até hoje é fácil, não precisar mudar nada e chega a ser cômodo. Sair da zona de conforto às vezes é crucial, mas quase ninguém quer sair do conforto de não precisar colocar as mãos na massa da transformação.
A zona de conforto, não é necessariamente uma área em que a pessoa esteja vivendo uma vida ótima, com um excelente emprego, uma família equilibrada, um feliz relacionamento amoroso…

Bruno J. Ginemes - Aprenda a abrir o seu fluxo de bênçãos.

Neste momento em que você lê este texto você pode estar passando por umas das seguintes fases : a)Está com problemas, em um período de sofrimento ou conflitos; b)Está com crie de identidade, sem entender bem o seu propósito na vida, sem saber que rumo seguir; c)Está em um período de extrema acomodação, procrastinando as atitudes que podem lhe levar para um novo patamar, além disso é possível que esteja se autoboicotando para não dar novos passos em busca de metas diferentes. Mesmo que a sua vida corra bem, ainda sim, sabe que poderia estar fazendo mais por você e pelo mundo; d)Está em depressão, sem forças para lutar, sem energia para criar ou sem vontade de viver; e)Está com raiva das situações que anda acontecendo contigo, sentindo revolta e percebendo o mundo com o entendimento de que alguma coisa errada está acontecendo com você; f)Sentindo que tudo é injusto, que as oportunidades não vem, que as pessoas não são legais com você, que o amor verdadeiro é uma ilusão dos filmes e que parece…