Pular para o conteúdo principal

Wagner Borges - O Ioga do Riso e o Samadhi do Roque... (Resposta de um espírito à seguinte pergunta: "Quem abandona o caminho espiritual fica mal no Astral?")


(Resposta de um espírito à seguinte pergunta: "Quem abandona o caminho espiritual fica mal no Astral?")

Não liga para isso, não.
Cada um é de um jeito e segue por onde quiser...
O importante é você estar bem consigo mesmo e fazer o Bem.
Se você se sente bem em sua jornada, ótimo. Ajude o mundo com isso...
Significa que você está fazendo corretamente o seu trabalho.
Se alguém se desviou do que precisava fazer, isso não é problema seu.
E mesmo se alguém se enrolou na parada, fique na sua e não se meta.
"A cada um segundo suas obras", não é mesmo? Isso é simples causa e efeito.
É carma*, como se diz espiritualmente. Por isso, Jesus alertava a respeito.
Resumindo: faça sua parte direito! E não perca tempo julgando a tarefa alheia.

* * *

Ria mais. Encante-se com a vida. Aprecie a companhia dos amigos verdadeiros.
Se for noite, admire o céu estrelado. Se for dia, apaixone-se pela luz.
Se chover, saia dançando... Mas não se meta a cantar, pois sua voz é horrorosa.
Eu ri muito aí na Terra. E, depois, vim rir no Astral. É o que sei fazer melhor.
Como se diz, "O que está em cima é como o que está embaixo" e vice-versa...
Eu ri muito aí embaixo... E, agora, rio muito aqui em cima. Esse é o meu darma**.
Se quiser, imagine que eu sou o Buda da risada (e eu flutuo rindo mesmo).
Ou, então, apenas pense que eu sou um espírito contente e consciente.

* * *

Você fez uma pergunta e eu me meti na resposta - rindo, é claro.
Como se diz por aí, "atravessei na frente" e resolvi a parada.
E, no seu lugar, eu me perguntaria, por que isso aconteceu?
Talvez, porque seja melhor você prestar atenção na sua vida!
Ou, quem sabe, você mesmo esteja indo para o "lado escuro" ao julgar os outros.
Então, não se faça de rogado... Comece a rir agora mesmo - e faça o Bem.

* * *

Adaptando o ensinamento de Jesus, eu digo: "A cada um segundo suas risadas!"
Ou seja, eu pratico o Ioga do riso e o samadhi*** acontece na minha cara!
Daí, eu ensino as estrelas a rir e me torno mestre de mim mesmo.
Solto-me no espaço, rindo... E descubro Deus rindo comigo.
E Ele me diz, "Belo ensinamento, a cada um segundo suas risadas!"
Por isso, eu lhe digo, meu rapaz: "Alcance o samadhi rindo e seja feliz."

* * *

Aquele que julga o erro dos outros, está cometendo o seu próprio erro.
E quem presta atenção nas trevas alheias, perde a própria luz, por sintonia escura.
Quem se liga no que é ruim, chafurda junto. E quem se acha bom demais, se ferra!
O que cada um joga no mundo, o carma devolve igual. É um bate e volta danado...
Então, fique atento ao que pensa e faz... E jamais prejudique ninguém.
Como se diz, "Quem têm boca vai a Roma!" - Mas, quem ri, viaja melhor até lá.

* * *

Sugestão para o seu desenvolvimento espiritual: leia essas linhas novamente.
Interligue as palavras chave do texto: Riso. Buda. Jesus. Carma. Samadhi...
Compreendeu a lição? Se tocou?... Então, ria e saia dançando com as estrelas.
(Como se diz, "Semelhante atrai o semelhante". Ou seja, se você rir, certamente nos encontraremos. E Deus estará rindo junto conosco.)

P.S.:
Como se diz por aí, Namastê!****.
Ou seja, a risada que está em meu coração,
Saúda a risada que está no seu coração, pois ela é a mesma.

Um forte abraço e um lindo axé aqui do Astral.

- Roque -
(Recebido espiritualmente por Wagner Borges.)

- Nota de Wagner Borges:
O Roque é meu amigo e desencarnou há anos. Inclusive, trabalhamos junto em um grupo espiritualista. É um sujeito raro e está sempre rindo, como sempre fez quando vivia aqui na Terra. Depois de tanto tempo dele ter se mandado para o "lado de lá", finalmente o meu amigo está aparecendo para mim.
E quando um outro amigo (também espiritualista) me mandou um e-mail com uma pergunta específica, o Roque apareceu aqui em casa e me disse: "Deixe-me responder essa! Garanto que será bom até mesmo para outras pessoas que lerem a resposta. E é uma chance de voltarmos a trabalhar juntos. Amigos servem para isso: escrever e rir juntos."
O resultado disso são esses escritos, que portam o discernimento e a alegria do meu amigo. E como ele está bem! Que legal reencontrá-lo na senda espiritual, firme e ativo no que sempre gostou, depois de tantos anos.
Certas coisas não têm preço. Uma delas é ver a risada do Roque, bem vivo além da morte, e saber que o meu amigo continua feliz.
(Cemitério e saudade, que nada! Sou mais a risada do Roque, lá em cima, dançando com as estrelas, algures...)

Paz e Luz.

- Notas do Texto:
* Carma - do sânscrito, Karma - ação; causa - é a lei universal de causa e efeito - Tudo aquilo que pensamos, sentimos e fazemos são movimentações vibracionais nos planos mental, astral e físico, gerando causas que inexoravelmente apresentam seus efeitos correspondentes no universo interdimensional. Logo, obviamente não há efeito sem causa, e os efeitos procuram naturalmente as suas causas correspondentes. A isso os antigos hindus chamaram de carma.
** Darma - do sânscrito, Dharma - dever, missão, programação existencial, mérito, bênção, ação virtuosa, meta elevada, conduta sadia, atitude correta, motivação para o que for positivo e de acordo com o bem comum.
*** Samadhi - do sânscrito - expansão da consciência; estado de consciência cósmica.
**** Namastê - é um cumprimento ou saudação utilizada geralmente no Sul da Ásia. Utiliza-se na Índia e no Nepal por hindus, sikhs, jainistas e budistas. Nas culturas indianas e nepalesas, a palavra é dita no início de uma comunicação e faz-se um gesto com as mãos dobradas, sem ser necessário falar algo.
Namastê é o cumprimento em sânscrito que literalmente significa "curvo-me perante a ti", e é a forma mais digna de cumprimento de um ser humano para outro. O gesto expressa um grande sentimento de respeito, invoca a percepção de que todos indivíduos compartilham da mesma essência, da mesma energia, do mesmo universo, portanto o termo e a ação possuem uma força pacificadora muito intensa.
Namastê também é muito utilizado no Ioga, e é algo que se diz ao instrutor, para demonstrar que o praticante é um criado, e o gesto significa "curvo-me perante ti"; e o próprio termo significa "fazer uma saudação".
Como saudação, namastê pode ser dito com as mãos juntas em frente ao tórax e com uma ligeira curvatura, para indicar profundo respeito; pode-se colocar as mãos em frente a testa, e no caso de reverência a um deus ou santidade, coloca-se a mão completamente acima da cabeça.


☼ Wagner Borges – nascido no Rio de Janeiro em setembro de 1961 – é pesquisador espiritualista, projetor extrafísico, conferencista, consultor da Revista UFO e colaborador de várias outras revistas como, Sexto Sentido, Espiritismo e Ciência, Revista Cristã de Espiritismo, Caminho Espiritual, e também do Jornal O Legado.
É escritor - autor de onze livros dentro da temática projetiva e espiritual, dentre eles a série “Viagem Espiritual”, sobre as experiências fora do corpo.
É colunista de vários sites na Internet: SomosTodosUm , Revista Sexto Sentido, Revista Caminho Espiritual, Revista Cristã de Espiritismo, site IPPB: www.ippb.org.br, dentre outros.
É radialista – apresentador do programa “Viagem Espiritual”, na Rádio Mundial de São Paulo – 95.7 FM.

Para ver vídeos e ouvir áudios do Wagner Borges, acesse sua sessão em nosso Exclusivo Canal Sol do Everest no Youtube - www.youtube.com/playlist?list=PLFC3C6B292A9EE69

Site: www.soldoeverest.com.br
Site no Portal Somos Todos Um: www.stum.com.br/st13651
Canal Sol do Everest: www.youtube.com/soldoeverest

Postagens mais visitadas deste blog

Brian Weiss - Sobre Almas Gêmeas.

Em "SÓ O AMOR É REAL", Brian Weiss revela que cada um de nós possui alguém que nos acompanha pela eternidade. Alguém que já tivemos a felicidade de encontrar ou que está à nossa procura, porque fomos destinados, para sempre, um ao outro.

Não há coincidências no amor. "A alma do homem é como a água; vem do céu, e sobe para o céu, para depois voltar à Terra, em eterno ir e vir". O destino determina o encontro de almas gêmeas. Sem dúvida, estamos fadados a encontrá-las. Mas o que decidimos fazer depois desse encontro depende de opção ou de livre arbítrio. Uma opção errada ou uma oportunidade perdida pode resultar em incrível solidão e sofrimento. Escolhas certas e oportunidades realizadas podem trazer-nos profunda satisfação e felicidade.

Para cada um de nós, existe alguma pessoa especial. Muitas vezes existem duas, três ou mesmo quatro. Todas vêm de gerações diferentes. Atravessam oceanos de tempo e profundidades celestiais para estarem conosco novamente. Vêm do outr…

Jefferson L. Orlando: A mudança acontece de dentro para fora...

A tão esperada virada do jogo começa dentro de nós, para só assim então, colocarmos ela em prática para fora em nossas atitudes e ações.
Não existe mudança verdadeira, quando a atitude parte somente de fora.
Não se engane querendo mostrar atitudes externas que não condizem com as internas, quando o silêncio da noite chegar e no seu íntimo você acessar, no mesmo momento irá saber que tem algo ai dentro que não mudou.
Para mudar é preciso coragem, determinação, foco, objetivo, garra e principalmente a tão esperada mudança nos padrões de pensamentos.
Se acostumar com os pensamentos a que vem tendo desde criança até hoje é fácil, não precisar mudar nada e chega a ser cômodo. Sair da zona de conforto às vezes é crucial, mas quase ninguém quer sair do conforto de não precisar colocar as mãos na massa da transformação.
A zona de conforto, não é necessariamente uma área em que a pessoa esteja vivendo uma vida ótima, com um excelente emprego, uma família equilibrada, um feliz relacionamento amoroso…

Machado de Assis - Eterno parênteses em aberto...

"Você é aquilo que ninguém vê. Uma coleção de histórias, estórias, memórias, dores, delícias, pecados, bondades, tragédias e sucessos, sentimentos e pensamentos. 

Se definir é se limitar. 

Você é um eterno parênteses em aberto, enquanto sua eternidade durar." 

Machado de Assis

Site:www.soldoeverest.com.br
Site no Somos Todos Um: www.stum.com.br/st13651
Canal Sol do Everest: www.youtube.com/soldoeverest